quinta-feira, 24 de março de 2011

Conselho de Estado e a demissão do Governo



O Presidente da República convocou o Conselho de Estado para auscultar a opinião dos notáveis senadores portugueses sobre a demissão de José Sócrates e do seu Governo: 
D. Afonso Henriques: -- Eu racho esses reizinhos infiéis com a minha espada e conquisto e arraso o castelo do Largo do Rato ! Egas Moniz, trás o meu cavalo e chama o Geraldo Sem Pavor e o Gonçalo Mendes da Maia para me acompanharem !
D. Dinis: -- Vou mandá-los imediatamente para  Leria para plantarem um pinhal de sol a sol !
Rainha Santa Isabel: -- Majestade, são rosas (socialistas), Senhor !
D. Pedro: -- Arranco-lhes o coração pelas costas, como-os de cebolada e vão beijar o cadáver da minha bela Inês. 
Padeira de Aljubarrota: -- Meto-os no forno a assar em lume brando!
Vasco da Gama: -- Ponho-os a ferros e vão remar até à Índia !
Luís de Camões: -- O Sócrates e os barões assinalados...
Restauradores: -- Cala-te! Em nome de todos os fidalgos sugiro que sejam atirados da janela mais alta do Reino!
Marquês de Pombal: -- Vão ser esquartejados e queimados na fogueira ao lado dos Távoras ! Ohpá, isto está tremido...
Oliveira Salazar: -- Para Angola, rapidamente e em força !
Marcelo Rebelo de Sousa: -- A questão divide-se em quatro partes...
Zás, e caiu redondo, rachado de alto a baixo por uma espadeirada fulminante, acordando Mário Soares.

Sem comentários:

Enviar um comentário