sábado, 23 de julho de 2011

AMY a rebelde WHINEHOUSE "partiu"



Morreu Amy Whinehouse. Segundo as primeiras informações foi vítima de uma overdose de drogas e álcool. Aos 27 anos desaparece uma das maiores e mais controversas estrelas da música. Muito jovem. Tal como Jim Morrinson, Janis Joplin, Jimi Hendrix e Kurt Kobain. Os deuses reclamam os jovens. Não a apreciava muito como artista mas era uma figura incontornável que não deixava ninguém indiferente. Irreverente e rebelde, viveu sempre nas franjas do sistema e fora das convenções sociais. Partiu e que descanse em paz.
Amy Winehouse nasceu numa área suburbana de Southgate, bairro de Londres, em 14 de Setembro de 1983, numa família judia de quatro pessoas, com tradição musical ligada ao jazz. O seu pai, Mitchell Winehouse, era motorista de táxi e a sua mãe, Janis, farmacêutica. Amy tinha ainda um irmão mais velho, Alex Winehouse. Cresceu em Southgate, onde fez os estudos na Ashmole School.
Amy passou a infância e parte de sua adolescência presenciando os abusos do  pai sobre a sua mãe. Numa entrevista a uma rede de televisão inglesa, o pai da cantora revelou que em 1983 iniciou um caso com uma colega de trabalho, que se tornou sua esposa em 1996. "Amy e o seu irmão sabiam disso e presenciavam o sofrimento da mãe. Eles chamavam-lhe  'a mulher do pai no trabalho'", afirmou ele em entrevista. Na canção "What It Is About Men" a cantora se refere ao que sua mãe teve de passar e ao comportamento de "homem de família" do próprio pai. Tais abusos refletiram no consumo de drogas desde os 18 anos. Amy estava numa sessão de fotos para o álbum Frank e o pai apanhou-a a enrolar um cigarro com droga. Ela respondeu às críticas do progenitor: "Não chateeis, pai! Vou fazer o que eu quiser, tenho 18 anos."

No dia 18 de maio de 2007, Ami casou-se com Blake Fielder-Civil em Miami. O marido cumpriu prisão temporária pela acusação de ter ferido gravemente James King, 36, proprietário de um pub, e de ter tentado obstruir a justiça em 2007, desde dezembro do ano passado. Blake admitiu sua culpa em audiências preliminares ao processo e evitou que o processo fosse agravado. Amy assistiu duas vezes às audiências, no tribunal londrino de Snaresbrook.
Amy já foi presa duas vezes no ano de 2008, devido a posse de drogas e confessou ter batido num homem com as mãos e passou uma noite numa cela, mas foi presa sem acusação formal
Alguns dos grandes êxitos de Amy Whinehouse: Rehabb,  Stronger Than Me,  Back To Black, You Sent Me Flying,  You Know I'm No Good, Fuck Me Pumps,  Love Is A Losing Game,  Take The Box, Tears Dry On Their Own, Know You Now, Wake Up Alone, Moody's Mood For Love,  Me & Mr. Jones, Valerie, In My Bed, Moneky Man, Just Friends,  (There Is) No Greater Love,  He Can Only Hold Her,  October Song,  Addicted, Help Yourself, You're Wondering Now. 
Em 16 de julho de 2009, Amy e Blake divorciaram-se por causa de acusações de infidelidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário