terça-feira, 20 de setembro de 2011

DESNAMORADOS !


Eles são felizes como desnamorados. O que é este neologismo de desnamorados? São desnamorados, pronto. Ele nunca pediu namoro a ninguém apesar de ter casado três vezes e unido de facto umas dez. Nunca as contou e a memória já não anda grande coisa. Ela jura a pés juntos por todos os santinhos que não está apaixonada. Percebe-se. Se vocês o conhecessem também não estariam. O desnamoro dura há cinco anos e tem subido gradualmente de cumplicidade. Conversam, falam, riem-se e poucas vezes desconversam. Gostam de estar juntos a dizer o que pensam ou a não pensar o que dizem... Mas isso tanto faz porque se sentem felizes assim. 
Poderão filosofar alguns que o desnamoro é como o descafeínado, a coca-cola light, o leite desnatado, o pneu sem câmara de ar ou a cerveja sem álcool. No entanto, também se poderá contrapor que é como um céu sem nuvens, um mar sem ondas ou uma rosa sem espinhos. 
O desnamoro é como a alheira de Mirandela. Parece que é mas não é e no entanto não deixa de ser. Um truque de judeus para cristão ver...
Se Ele e Ela estão bem assim para quê mudar ou complicar? 
Podia ser diferente? Podia, mas não era a mesma coisa...
Não é assim, Ó?...
(Vá lá, ri-te, cara gira, linda, sem vergonha...ahahahahah)

Sem comentários:

Enviar um comentário