sábado, 22 de outubro de 2011

Os beijos do ardente CARNEIRO à esquiva PEIXE!


Beijar alguém do signo Carneiro é mais ou menos como estar no meio de 
um terramoto. Aliás, segundos alguns historiadores relatam que Lisboa ficou destruída no monumental sismo de 1755 quando o pentavô do Trokas deu uma beijoca na pentavó da Sardinha, atrás da Igreja de São Domingos, que abanou todas as barracas e palácios da cidade e nem a água do tsunami que invadiu posteriormente o Tejo e as ruínas arrefeceram aquele escaldante choucho . Quem leva com um beijinho por mais inocente que seja de um Carneirinho nem sabe bem como aquilo começou e qual a razão pela qual as tuas pernas tremem daquela maneira tão evidente e ao mesmo tempo saborosa como um ensopado de carneiro, daqueles lãnzudos e não os de duas pernas sem lã mas peludas, enquanto os teus braços estão entrelaçados como um nó de marinheiro com os daquela pessoa apaixonada e tão incendiariamente fofinha para ti. Enfim, o Carneiro é arrojado sem limite de velocidade assim a modos que um Fórmula 1 sem ABS e, basicamente, triplica a sua impaciência quando o assunto é romance. E não é um romance de cordel qualquer. Comparado com o Carneiro, o romance Romeu e Julieta não passa de uma simples história de indiferença. E se tiver o ascendente em Carneiro, o caso é ainda mais grave...Oh lá se é. Bem mais grave. Gravíssimo. Incurável. Então, não te admires se fores atacada por uns lábios ávidos como os de um camelo sem beber água enquanto atravessou todo o deserto do Sahara, como tanto fogo tem que ser apagado que as chamas do Inferno comparado com Ele não passam de umas brasinhas esfriadas, não te admires também se o beijo terminar como o que se vê depois do beijo nos filmes americanos. E não é "Os Doze Indomáveis Patifes" ou o "Terror na Auto-Estrada"...Momentos mais tórridos que nos trópicos terrestres garantidos! Em caso de reclamação serão devolvidos no prazo de 12 meses...

"Hã?!? O quê ?!?  Não te espantes se ouvires isto da boca da Peixe ao lhe propores-lhe  um beijo...Pois, pois, se fosse só isso... Por isto, faz a coisa certa: decide-te por Ela ou vocês vão ficar a contar estrelas a noite inteira.Uma vez contei 989909876544567765445679 estrelinhas e nada de nada... Não te deixes levar por estas pseudo distraídas Peixinhas, porque são tão escorregadias como as enguias antes de entrar no tacho e indiferentes como um ferro de engomar sem electricidade , tanto assim que é melhor roubares-lhe  um beijo e esperares levares um estalo, se fosse só um estalo ainda corria o risco mas não, preferia voltar de novo ao convívio dos berros dos antigos sargentos instrutores que nos faziam a vida negra nos velhos tempos do Exército, do que contares com a iniciativa Dela. Enquanto aqueles olhinhos assustados e incrédulos  olham as estrelas, dá-lhe um beijinho como quem não quer nada, e ganhas em  troca o beijo típico dos nativos deste signo. Uma pedrada na tola? Um pontapé para fora do carro? Ela é como tu queres. E espera  que a sua boca diga como quereso beijo. Ah, é por isso que ela se mantém sempre em silêncio... Depois molda-se a ti, por compaixão ou mesmo por interesse. Aproveita esta doçura, doçura? Aquele sabor a chamuça?, mas com delicadeza: a Peixe molda-se à tua maneira de conduzir o beijo, sim, sim, molda-me as fuças com barro e gesso para não a chatear mais com essas mariquices, mas certamente não ficará cativa de um beijo que não transmita poesia ou romantismo. Desculpem lá, ó estudiosos e especialistas dos astros, mas vocês não acertam uma. Se a conhecessem não escreviam essas palermices. Aquela carinha linda com ar sem vergonha estava distraída a apanhar caracóis quando Deus distribuiu o carinho pela Humanidade...

Ok, eu levo "Os Lusídias" ! Uma beijoca por cada estrofe e o Camões já serviu para alguma coisa, a não ser chatear-me quando andava a estudar no Liceu !..Mas já sei qual será o resultado: mais deprimido ! O Carneiro, claro; a Peixe goza que nem uma perdida...




Sem comentários:

Enviar um comentário