sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Recebe "A FLOR" que te dou!


Pediste-me uma flor
Procurei na Natureza
Uma com amor 
Com a tua beleza


Por montes e serranias
Até o Mundo me fartar
Como te iria prendar
Aquela flor que merecias


Por ti nunca desanimo
E na solidão da noite pensei
Qual seria o caminho
De dar-te o que nunca te dei


Pintar, pintei!
Gostaste? Não sei!


És única. Mereces mais, tudo
Mais que tudo!

É tua!
















3 comentários:

  1. Em suas mãos obreiras nascem flores.
    em noites de outono pintou a mais belas das flores.
    Simplesmente bela.Obrigada por ser dedicada a mim.

    ResponderEliminar