quinta-feira, 10 de novembro de 2011

"GENERAL PATTON KANOKA": aniversário

11 de Novembro de 2001. Nasceu o "General Patton Kanoka". Filho do Jack Patolas the Ripper e da Nika. Veio ao mundo felino entre os humanos dentro de um guarda-vestidos. Dentro do seu instinto de conservação, a mãe escondia-o, de vez em quando numa gaveta sob a cama do dono. Era o mais irrequieto da ninhada de mais dois irmãos. Mas teve uma "infância", ou "gatância", atribulada. O avô "Tomassas" odiava-o. Quantas vezes foi apanhado com o recém-nascido na boca para o enviar para o paraíso dos gatos. Lá o descobria e salvava-o do destino fatal tão prematuro. A recentemente falecida avó "Flufa" também demonstrava uma atracção especial pelo "General Patton Kanoka". Roubava-o à mãe e aninhava-se com ele dentro de um armário. Como não tinha leite para lhe dar, o "azulinho" foi definhando e esteve em riscos de se "ir". Mas, como verdadeiro sorevivente que era, ultrapassou todas estas adversidades e tornou-se num gato vivaço, destemido e terrível para qualquer gato ou cão que lhe invadisse o território. Tem no seu palmarés de combatente vitórias sobre um caniche, uma boxer e, imagine-se, um pittbull...
Passeia pelas escadas sem medo algum e, malandro como é, rebola-se de prazer a subir e descer no elevador, depois de "ratar" as plantas da vizinhança. 
É uma excelente companhia, muito activo, sempre pronto para a brincadeira ou para a tareia. O "sonho" dele é assassinar a tia dele, a "Xuxa", uma pachorrenta e sossegada siamesa albina. Mas ela lá tem conseguido aos ataques mais ferozes desta pequena fera azul-acinzentada. 
Antes de me deitar tenho sempre de lhe atirar uma bola de papel para o corredor. 
Hoje, comemora o seu 10º aniversário! 

Sem comentários:

Enviar um comentário