domingo, 22 de maio de 2011

Ai o meu dedo !

O meu pézinho com o segundo dedo decepado...


Fui cortar as unhas dos pés. À primeira vista pode ser um acto trivial. Para mim, não. É um suplício. As unhas são rijas como cornos e até cederem ao corta-unhas ou à tesoura é o cabo dos trabalhos. Agora peguei no corta-garras, apontei-o à unha, apertei, doeu-me, mas não liguei. Apesar de ter torcido o instrumento a unha saltou. Fiquei descansado e vim para o PC. Passado um bocado, senti o pé todo molhado, olhei e vi um gato deitado perto do "presunto". Ainda pensei: "Queres ver que o gato fez as necessidades urinárias em cima do meu pé?". Não. O pé estava todo vermelho de sangue e até fazia uma poça no chão. Descobri então que em vez de cortar a unha, cortei a dita cuja mais um bocado do dedo. Ai...ui...como isto dói !!!

2 comentários:

  1. nao gostei parecido com o pe da minha mae

    ResponderEliminar
  2. Ahahahahah...será que é o pé que estou a pensar? ...Ahahahahah!

    ResponderEliminar